Por aí,  Porto Alegre

Il Pomodorino: a única borda de pizza que eu consigo comer

A pizza da Il Pomodorino é das que mais gosto em Porto Alegre. A massa é feita no processo de fermentação lenta. Trinta e seis horas fermentando. Fica fininha, crocante… e a borda também é uma coisa de louco. Aquele “resto” de pizza onde a cobertura não chega é tão bom quanto os 97% cobertos com muito queijo e ingredientes excelentes. Não tem aquele gosto de farinha nem é massuda. Parece um salgado feito à parte em padaria muito da sabida.

Recomendo a de caponata (abobrinha, beringela, tomatinhos adocicados, os famosos pomodorinis, e provolone R$12), a que dá nome ao lugar, pomodorino (tomatinhos e manjericão R$10) e a de carne de panela com parmesão (R$12). E qui vai uma dica de sobrevivência: se você pedir qualquer sabor, qualquer sabor mesmo, exceto a de carne de panela, mas a sua parceria estiver comendo a de carne de panela e você quiser provar a dela, não faça isso. Quando voltar a comer o seu pedaço, ele vai parecer sem gosto. A de carne de panela tem sabor bem acentuado, deixando as outras na sombra. Eu gosto de comer a pomodorino ou a caponata antes e, depois, finalizo com a de carne de panela.

À primeira vista, pedir uma cerveja italiana (R$15) para acompanhar parece o mais correto, já que faz parte de toda a imersão no universo da pizza italiana. Mas, na real, ela não tem um sabor fora do comum. Lembra muitas das pilsens brasileiras.

 

Esta fofura chegou com seu dono e roubou todos os olhares. E flashes.

 

A pizzaria fica no Centro Histórico, perto de muitos espaços peculiares como a Praça Padre Gregório de Nadal com seu corredor de árvores de O Senhor dos Anéis.

 

O Il Pomodorino fica naquele prédio amarelinho ao fundo, de esquina. E na esquina em frente há um posto da Brigada Militar, em um casarão antigo.

 

Cliquei a minha cúpula – e da Catedral Metropolitana – sentada no banco da pizzaria.

 

O espaço é pequeno, daqueles em que a gente se ajeita conforme dá, puxando um banquinho aqui e ali, ou ficando em pé mesmo, na calçada. É bom chegar cedo porque os sabores vão acabando e o espaço também. Tem gente que encomenda e busca a pizza inteira (preços variando de R$50 a R$60), em vez de comer os pedaços.

A Il Pomodorino fica na Rua Coronel Fernando Machado, 612 e funciona de quarta a sábado.

Fotos e texto de minha autoria, Juciéli Botton, para a Casa Baunilha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *