• DECORAÇÃO,  Tours

    Restaurado e colorido

    Quando se pensa em reforma, a gente só quer saber de se livrar do passado, do desgastado, do quebrado, e abrir espaço pro novo, pro gesso lisinho, pro piso novo em folha.

     

    casa baunilha ape barcelona15

     

    casa baunilha ape barcelona5

     

    Mas parem as máquinas! Respire. Olhe ao redor. Deve ter algum detalhe bacana, original, que vale a pena valorizar e manter. A casa não deixa de ser

  • DECORAÇÃO,  Decorar,  Ideias mil,  Tours

    Sobre pintar mais de uma parede

    Eu me arrisco a dizer aqui que TODO MUNDO, tipo, GERAL, quando pensa em colocar uma cor na parede de casa pensa em pintar 1 parede apenas. E digo mais: que assim fazem. É comum encarregarmos a um único pedaço de um espaço todo, a alegria da cor.

    Pois é exatamente para isso que eu queria atentar vocês, para o todo. Nossa casa é um todo, e um todo até bem complexo, certo? Quando moramos, queremos estar em todos os cômodos, queremos enxergar a nós mesmos em todos os cantos, detalhes, quadros, tudo. Quando os amigos vem, queremos que eles nos vejam através da história que contamos no nosso lar. Por isso a importância de se ter continuidade, aquilo que faz a gente estender o tapete da nossa história por toda a nossa casa.

    Continuidade é o que temos que ter em mente.

    Posto isso, que tal continuar com o rolo de pintar para além daquele ângulo de 90 graus e cobrir a parede vizinha também?

    Quando criamos este “L” nas paredes, com uma mesma cor, estamos prolongando uma sensação, estamos continuando aquele clima que ela traz para o ambiente e, o mais legal, criamos a sensação de amplidão. O espaço continua, ele não acaba onde aquela parede acaba, ele se vai – que poético!

    Pintar somente 1 parede é como se você estivesse lendo uma linha no texto de uma página de livro em que, ao final dela, o texto também acabasse, incompleto. Quando pintamos uma parede a mais, estendemos essa leitura, ampliamos o visual que ela favorece. A história continua.

    Encontrei nas páginas da revista Covet Garden um exemplo disso, e um pouco mais. O cinza, cor escolhida, se estende por quase toda a morada.

     

    pintar-mais-de-uma-parede

     

    Poderia ter ficado só ali, atrás da mesa de jantar, mas o cinza 

  • DECORAÇÃO,  Tours

    A cowboy house

    Opa que até saiu um título em inglês para falar desta casa, uma casa de cowboy, com certeza, e que ainda apresenta um certo frescor, talvez pelos pontos de cor e pelas peças com design assinado. E ainda agrega referências à cultura indígena, como em algumas estampas.

     

    casadecowboy4

     

    Eu tenho paixão por esse estilo. E quando me deparei com o editorial da Bungalow Mag, me apaixonei mais ainda pelo papel de parede que, dá pra perceber, guiou a escolha

  • DECORAÇÃO,  Tours

    Apê restaurado com charme preservado

    O designer de interiores parisiense Mike Alleg restaurou um apartamento no centro de Madrid, preservando o chão revestido de ladrilhos e respeitando boa parte da estrutura do imóvel. Esses e muitos outros foram os detalhes mostrados pela AD Espanha,  como esta estante, que tem uma espécie de mezanino, leva aço escovado e parafusos à mostra, lembrando uma fuselagem. Não é demais?

     

    casa baunilha3

    E adorei o contraponto da cadeira azul em tom bem vivo. Aliás, o azul é o segundo pretinho básico da decoração. Por exemplo, o tapete da sala, neste tom

  • DECORAÇÃO,  Tours

    Preto & branco com emoção

    Eu estava procurando por acabamentos e tentando decidir quais cores incluir no meu banheiro quando chegasse a hora da reforma. Depois que vi esta casa, cogitei fazer um banheiro em preto e branco.

    É incrível como esta dupla de cores dá tão certo, seja lá para o que for. E, além de funcionar cem por cento, recebe bem todas as outras cores, permitindo que a gente faça combinações despreocupadas porque é certo que vai ficar bom.

     

    pretoebranco1

     

    E, ao contrário do que diz a lenda, a casa não fica fria, sem graça e sem vida. Com os objetos certos, uma mantinha aqui, uma almofada ali, dá pra deixar os espaços aconchegantes e acolhedores. É o que prova a casa que encontrei no Design Sponge e que vamos conferir agora.

  • DECORAÇÃO,  Tours

    Shhhh!

    “A paz invadiu o meu coração / De repente, me encheu de paz” e a gente segue cantando Caetano e admirando a paz que a luz desta casa traz. As cores suaves garantem a calmaria e os detalhes em preto trazem aquele quê de sofisticação. Tudo pensado pela designer de interiores Kelly Deck, acostumada a projetar espaços tranquilos.

     

    casa baunilha1 casa baunilha2

     

    Dá pra perceber pela proximidade do fogão com o sofá que a casa é compacta, mas acaba dobrando de tamanho com tanta clareza.

  • DECORAÇÃO,  Tours

    Casa com frescor

    Casa com frescor é aquela que deixa a luz entrar, é onde as cores são bem-vindas e o aconchego está presente em todos os detalhes. Como a da Bri Emery, do Designlovefast.

     

    casa baunilha1

     

    casa baunilha9

     

    Acho que pra quem vive em dúvida sobre o que fazer para reanimar a casa (reanimar mesmo, gente) uma boa opção é investir no piso. Às vezes não necessariamente precisamos adquirir um novo, mas apenas tratar o que já existe. Madeira é material de

  • DECORAÇÃO,  Tours

    Tempero rosa

    Esta casa, que pertence a um casal de fotógrafos de Los Angeles e que encontrei no site Design Sponge, tem uma simplicidade que enche os olhos, revelando beleza nos cantinhos, nos arranjos, nos detalhes.

     

    rosa casa baunilha06

    Tem verdinhos por todos canto, detalhes em cobre e dourado, como nos vasos de algumas plantas, e a cor majestosa que reina em todo canto: o rosa.

  • DECORAÇÃO,  Tours

    A Casa das Coisas

    casa baunilha06

    Meu namorido apelidou a nossa casa de A Casa das Coisas. Acho que nem preciso comentar sobre a causa/motivo/razão ou circunstância desse apelido carinhoso. Pois na AD Espanha encontrei uma casa que tem potencial para o título também. Muitos objetos colecionados, guardados e acolhidos. E o mais interessante é que a gente nem conhece os donos, não sabemos da história da casa, mas é só olhar para as coisas que vemos muito afeto ali.

  • DECORAÇÃO,  Tours

    Cabe tudo em 40 m²

    Tamanho, definitivamente, não é documento. O espaço deste apê de 40 m² foi tão bem planejado pelo escritório INT2 Architecture que nada ficou de fora: tem mesa para um café da manhã na sacada, horta, escritório e todo o resto.

     

    INT2_interiorTR1

     

    casa-baunilha-40m2-2

    O quarto ficou integrado ao living e também divide espaço com o escritório.