Florianópolis,  Por aí,  RECEITAS,  Santa Catarina

Sardinha do Pântano, a Sardinha Fresca na Pressão

Nem só de roupas e protetores solares vivem as nossas malas quando viajamos. Panela de pressão, frigideira antiaderente, colheres de pau preferidas e temperos são itens que também levamos na bagagem. Meu marido e eu cozinhamos todos os dias no nosso dia a dia e adoramos cozinhar nas férias. É uma maneira muito especial de conhecermos um lugar, uma cultura. Inclusive, faz a gente se sentir morador pois frequentamos feiras, conversamos com produtores e vendedores, trocamos receitas. E em Pântano do Sul, a colônia de pescadores artesanais mais antiga de Santa Catarina, cozinhar os pescados frescos é atividade turística.

A peixaria Trinta Réis, que fica praticamente à beira mar, tem muitas opções de peixes e frutos do mar frescos. É muito legal vê-los encherem os tanques das ostras com a água saindo da estátua de uma sereia. Desta vez, procurávamos por sardinhas.

Olha ela, a sardinha fresca. Estas renderam uma história muito boa. Perguntamos à vendedora como preparar:

– Faz um escabeche!

– E como se faz um escabeche?

– Não sei, nunca fiz (risos). Mas bota no Google, tem lá.

E olha, ficou uma delícia. Intercalamos camadas de cebola, pimentão, tomate e sardinha. Colocamos água, vinagre, um fio de azeite de oliva extravirgem e uma pitada de sal. A sardinha estava limpa, apenas com o espinhaço, que fica macio após o cozimento na pressão com o vinagre.

Na foto da esquerda, as camadas dos ingredientes. À direita, depois de 40 minutos na pressão, a sardinha cozida e se desmanchando.

O molho de sardinha acompanhou o macarrão. Cozinhamos o peixe em bastante quantidade para fazermos outros pratos, incluindo uma maionese. Numa próxima postagem eu compartilho a receita dela.

É certo que depende muito do destino e até das acomodações para que a gente consiga cozinhar longe de casa. Mas sempre que possível, preparamos nossas refeições, até porque, apesar de adorar comer fora, chega uma hora em que meu organismo pede uma comida caseira.

Conta aqui nos comentários: você também gosta de cozinhar quando viaja? A cozinha entra no teu roteiro de férias?

Fotos e texto de minha autoria, Juciéli Botton, para a Casa Baunilha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *