RECEITAS

Hambúrguer de porco com beringela na cachaça e maionese de leite e alho

 

Já leu a postagem sobre comer fora de casa? Então, dá uma conferida pra entender porque me dá tanto gosto preparar lanches na minha própria casa. Outra coisa: adoro compartilhar receitas que considero fáceis, com preparos que exigem apenas técnicas a que estamos acostumados e ingredientes que conseguimos encontrar por aí. O que é difícil pra mim é transformar o que invento na cozinha em uma receita propriamente, isto é, estabelecer quantidades. Como invento muito, geralmente adiciono os ingredientes “no olho”.

Faço bastante hambúrgueres que não possuem o tradicional disco de carne bovina que dá nome ao prato. Sempre acabo trocando por recheios variados, como iscas de frango, cogumelos, linguicinha, porco etc. Este hambúrguer leva fatias de filezinho suíno combinadas com rodelas de beringela feitas na cachaça, abençoadas por queijo colonial e maionese de leite e alho.

 

Lista para dois hambúrgueres
  • 8 fatias de filé de porco (de 1cm de espessura, calculando 4 fatias para cada pessoa – compro a bandeja e retiro o que preciso para a receita)
  • meia beringela grande
  • pão cervejinha
  • queijo colonial (compro inteiro e fatio em casa)
  • algumas folhas de alface lisa
  • 4 dentes de alho
  • 1/2 xícara (chá) de leite integral (eu costumo comprar o de saquinho)
  • azeite de oliva (ou o óleo/gordura que você prefere usar para refogar e selar)
  • azeite (ou o óleo/gordura que você prefere usar para fazer maionese)
  • 4 colheres (sopa) de cachaça (pode ser da 51 à mais sofisticada, ou vinho branco, a questão é não adicionar água e sim algo que acrescente sabor)
  • sal

Preparando
  • lave a alface;
  • fatie o queijo;
  • corte o pão;
  • pique o alho para refogar com a beringela e reserve um pouquinho para a maionese (pense no quanto de sabor de alho cru você quer na maionese – dica: comece colocando pouco e vá adicionando mais só depois de provar);
  • faça a maionese: no liquidificador, coloque o leite, o sal (a gosto), o alho picado, feche o liquidificador com a tampa e, no furo dela, vá despejando um fio de azeite e ligue o aparelho. Pare de adicionar o azeite e desligue quando a mistura atingir o ponto de maionese – e quando você obter a quantidade que precisar, claro. Prove e, se necessário, acerte o sal e o alho (batendo mais um pouco);
  • sele o porco: eu corto cada fatia do filé ao meio, para acomodar melhor sobre o pão. Com um fio de azeite de oliva na panela quente, sele os pedaços de porco. Como a minha panela era pequena, fiz por partes, retirando os pedaços quando prontos e colocando os outros. Se você tiver uma frigideira grande, talvez consiga fazer tudo de uma vez. Você não deve ficar mexendo a carne. Posicione os pedaços sem que encostem um no outro, polvilhe o sal e, quando dourar, vire para dourar o outro lado. Nunca coloco sal depois que viro;
  • dê um porre na beringela: descasque a beringela e corte em rodelas relativamente finas. Com um fio de azeite de oliva sobre o fundo grudentinho que os pedaços de porco deixaram, refogue o alho e, em seguida, coloque a beringela. Mexa, espere ela suar um pouco, mas sempre cuidando para o fundo não queimar. Quando sentir que pode querer queimar, acrescente a cachaça, umas 4 colheres de sopa. Continue mexendo e verá o fundo da panela limpando e todo aquele tostadinho se incorporando à beringela.

 

Hora de montar

A minha única preocupação quando monto sanduíches e hambúrgueres é que o queijo encoste em algo quente para derreter. Neste caso, pode ser a carne ou a beringela. Ou as duas. Espalhei a maionese em ambas as partes do pão. Coloquei o porco, o queijo, a beringela e a alface. Uma chuva miúda de sal e um fio de azeite de oliva por cima de tudo. Daí é só tampar com a parte de cima do pão e pronto.

 

Uma ideia nada mal

Sempre sobra recheios, então monto mais uma metade (ou sobre a base ou a tampa de outro pão). Isso a gente não consegue fazer quando comemos fora, não é mesmo?

 

Fotos e texto: Juciéli Botton para Casa Baunilha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *